Como a Educação Financeira Ajuda no Empoderamento das Mulheres Brasileiras

Antes de conversarmos sobre como a educação financeira empodera as mulheres brasileiras, você precisa abrir a sua mente e se desfazer de alguns julgamentos sobre si. Isso mesmo, nada de pensar que este texto foi escrito para mulheres porque elas “gastam mais” ou porque “não podem sair de casa com o cartão de crédito”. Esses são conceitos machistas e ultrapassados, pois você, mulher, pode sim ter uma boa saúde financeira, ser independente e, sobretudo, empoderada.

Principalmente como acompanhante, em que é possível obter altos faturamentos mensais, em alguns casos, até mesmo rendimentos milionários. Com um planejamento bem definido, você pode conquistar importantes objetivos a curto, médio e longo prazo e sem depender de outras pessoas. Ficou interessada em saber como cuidar de suas finanças e empoderar-se ainda mais? Continue a leitura.

Empoderamento Feminino e educação financeira 

Seja para comprar uma bolsa no shopping ou um apartamento de frente para o mar, você precisa desenvolver uma educação financeira. Isso significa que você deve organizar suas finanças de maneira que não dependa da aprovação de outras pessoas para conquistar aquilo que deseja, isto é, para comprar o que quiser e na hora em que bem entender.

Mas você deve estar se questionando: o que a educação financeira tem a ver com o empoderamento feminino? E nós respondemos: TUDO! 

A educação financeira traz a possibilidade de você realizar os seus sonhos, desejos e objetivos sem depender de outras pessoas e, quanto mais você conquista, mais poder tem (poder econômico, poder político, poder de escolhas pessoais e profissionais). Assim, você assume posições importantes de maneira independente, sem a ajuda masculina, como a sociedade ainda insiste.

Por isso, dedique-se à carreira de acompanhante e procure ajuda para organizar as suas finanças. Converse com algumas mulheres independentes que você conhece ou busque vídeos de outras mulheres como inspiração. Com certeza, sua vida financeira vai decolar! Mas para começar agora mesmo a sua educação financeira, preparamos algumas dicas. Confira.  

Como organizar as finanças

Às vezes, o cenário não é muito animador: o país enfrentando uma crise financeira, os preços dos produtos no supermercado subindo, você com muitas responsabilidades, como filhos, casa… com isso, é normal ter medo de não fazer muitos atendimentos no mês. Mas saiba que com uma educação financeira é possível enfrentar de cabeça erguida até os meses de menor procura.

Isso só é possível porque, ao começar a organizar as suas finanças, a primeira lição que você aprende é sobre guardar parte de seu rendimento mensal para ter mais segurança nos meses de menor faturamento. Assim, tão importante quanto pagar os boletos ou a prestação do cartão de crédito, você deve criar o hábito de reservar de 10 a 30% do seu rendimento todos os meses.

Se tiver medo de guardar em casa o dinheiro (principalmente se você recebe os seus clientes em casa), abra uma conta poupança e deixe o valor rendendo no banco. Dessa forma, quando enfrentar os meses de pouca procura, você não precisa pedir dinheiro emprestado para pagar as contas nem ficar com o nome sujo por não pagar, pois você terá uma reserva financeira.

Tudo é uma questão de criar novos hábitos e estabelecer o que é prioridade em sua vida. Por isso, se você deseja ser uma mulher ainda mais empoderada e conquistar a sua independência financeira, busque  desenvolver uma educação financeira, com certeza, esta será a sua melhor escolha em busca do seu empoderamento.

Confira também as dicas que preparamos em Aprenda a administrar suas finanças: como ter reservas de segurança.

2 COMENTÁRIOS

  1. […] Empoderamento: Como a Educação Financeira vem ajudando as mulheres brasileiras O Empoderamento na profissão de acompanhante: Um outro olhar Empoderamento: Não Tenha Vergonha de seus Desejos Sexuais Quais os Passos Seguir para ter Sucesso na Profissão de Acompanhante WhatsApp Facebook Twitter Pinterest Artigo anteriorA Troca de Cidades Passa a Ser um Recurso Premium no Fatal Model AlexaOlá, eu sou a Alexa 🙂 Estou aqui para te mostrar como funciona a plataforma Fatal Model e, juntos, lutarmos pelo empoderamento dos profissionais através de dicas, relatos e ensinamentos. Assim como a empresa, quero contribuir para mudar o mercado de acompanhantes, dar voz as suas vivências e tornar o ramo mais justo e igualitário. #RespeiteaProfissão Ah, vale lembrar que sou uma persona criada pelo Fatal Model. […]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui